Tudo sobre Labirintite

por Resenhas da Kah - sexta-feira, outubro 23, 2015


Olá meus amores hoje venho com um tema quem eu conheço bem pois sofro deste mal a pelo menos 8 anos, vamos falar da Labirintite. Minhas crises começaram com muito enjoo, umas tonturas estranhas, sabe quando você deita na cama e ela lhe parece estar flutuando? Pois  é uma sensação horrível gente. 

Demorou um tempo até eu procurar ajuda viu, uns 2 ou 3 meses pelo menos, eu morria de medo do diagnóstico ser alguma doença ruim sabe, mas aí  procurei meu otorrino na época fiz uma bateria de exames e foi constatado a tal da labirintite.Fui medicada e em 15 dias eu já estava bem melhor.

Olha gente dizem que a labirintite ela pode ser  genética, ou seja, de família em alguns casos, inclusive o meu, pois meu avô tinha e uma das minhas tias também. Mas vamos entender um pouco melhor essa doença ok?



O que é labirintite? Quem são as pessoas que possuem esta doença e qual o tratamento adequado para ela?

Cerca de 58% da população brasileira sofre com este mal, mas cerca de 38% dela nem sabe, outros 96% daqueles que sabem que tem não fazem o
tratamento adequado, mas afinal o que é isto e o que ataca?

A labirintite é uma doença que é provocada devido ao descontrole do labirinto localizado dentro do ouvido. Geralmente é genética passando de geração em geração na família. Sendo assim, se o seu irmão tem esta doença, é muito provável que você também a desenvolva ao longo do tempo.Esta doença também pode aparecer sem explicações em famílias que nunca tiveram histórico de tal, sendo bem relativo caso a caso. 

Geralmente começa a aparecer nas pessoas acima de 14 anos mas pode aparecer também em idosos.
O tratamento da labirintite ao contrário do que muitos pensam é simples, barato mas exige muito de quem possui tal doença. 

É um tratamento continuo e mesmo que a labirintite não esteja atacada, é preciso que o paciente tome regularmente o remédio preferivelmente as 8 da noite todos os dias, afim de 
controlar o labirinto.
Se a pessoa tem o costume de ir se deitar cedo, é necessário que altere um pouco sua rotina para que o remédio tenha tempo de fazer efeito da forma adequada.

Sintomas:

Os sintomas da labirintite são dores de cabeça fortes, vômitos quando o labirinto está atacado,
náuseas e muita tontura.

Em alguns casos quando o paciente não realiza o tratamento de forma adequada e seu caso é mais grave, também podem ocorrer desmaios e até óbito. Apesar de simples, como qualquer doença se não tratada corretamente pode se complicar.
A labirintite ao contrário do que muitos pensam e dizem não tem que ser tratada por um neurologista, o neuro pode sim tratar o paciente mas na maioria dos casos é certo que o paciente seja encaminhado para um otorrinolaringologista para que o mesmo cuide da doença uma vez que ela é uma doença do ouvido 
e não cerebral.
O tratamento da labirintite é para o resto da vida, pois embora ela se controle é uma doença incurável mas que se o paciente conseguir se conter, pode levar uma vida normal. Geralmente as crises de labirintites mais leves duram de 1 a 6 dias, e as mais fortes podem chegar a durar 2 meses, e em casos assim, é aconselhável  procurar um otorrinolaringologista o mais rápido possível.

  • Compartilhe:

You Might Also Like

8 comentários

  1. Katia Lindo seu blog, Adorei sempre vou vir aqui fazer visitinhas :)
    Gostei do assunto que abordou eu nunca ouvi falar,mais já aconteceu comigo algumas vezes de deitar na cama e ficar tudo turvo ou ver as coisas passando na minha mente muito rápido, mais é raro isso acontecer..
    Beijinhos Fica com Deus um lindo Fds pra vc e sua familia
    http://byvaleriasantana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi valeria q bom q gostou amiga.. pois é amiga se continuar procyra um medico pq pode ser perigoso neh... bjoos vou correndo la pro seu..

      Excluir
  2. nossa deve ser difícil demais viver com essa doença, a visão fica mto distorcida, minha tia descobriu logo q comprou um carro e não pode dirigir por isso...

    bjs
    blogmaricordeiro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. pois é mariana nao é facil essa doença nao viu.. mas estando tomando a medicaçao e a doenaça estando controlada eu consigo dirigir numa boa sim viu.. e a minha tia q tambem tem dirige tbm.. mas enfim tem q seguir as instruçoes do medico dela neh...bjos minha lindaaa

    ResponderExcluir
  4. Olá, acabo de visitar seu blog e segui-lo. Lhe desejo foco, sucesso e força. Que conquiste muitas realizações através do mesmo. E também convido você e seus/suas leitores/leitoras a conhecer o meu blog: toobege.blogspot.com.br . Beijinhos e espero você lá também *0*

    ResponderExcluir
  5. oi mariana obrigada pelas palavras amiga... Deus te abençoe e sucesso sempre viu.. ja estou te seguindo tbm..bjoos

    ResponderExcluir
  6. Que chato isso viu Kátia, melhoras e sucesso sempre!
    Beijos.
    http://blogdafrancoise.com/

    ResponderExcluir
  7. pois é lindona fazer oq neh... obrigada querida bjoos

    ResponderExcluir