Amamentaçao

Oieee meninas esse post vai tratar de um assunto muito importante na vida dos nossos filhos e  de nossa vida também não é?


Amamentar é a maneira mais saudável e natural de alimentar nosso bebe.O leite materno possui uma composição singular destinada especificamente ao bebe. Ele contem células que protegem o bebê contra infecções e proteínas para manter o bebê feliz e saudável.

Amamentar faz bem para saúde da mãe e do bebe também logico, alem de proporcionar mais ligação e carinho entre mãe e filho.

Estudos comprovam que as mulheres que amamentam tem somente 50% de chance de desenvolver o câncer de mama,e menor risco de câncer de ovário e osteoporose, alem de ajudar a mulher a perder peso após o parto.

O leite da mãe "desce" alguns dias após o nascimento do bebê. Até então, o seio materno produz colostro, que alimentará o bebê até lá. 

Essa substância, espessa e amarelada, contém proteínas e anticorpos que ajudam o bebê a combater as doenças. O colostro é o primeiro alimento do bebê, a primeira "vacina" contra as doenças. 

O bebê tem grande quantidade de água e gordura armazenadas para usar enquanto se alimenta do precioso colostro. 

Seu estômago tem capacidade para receber apenas uma colher de chá de líquido. Por isso, ele não precisa de muito para se satisfazer. O corpo da mulher foi feito para amamentar, mas isso não significa que você não precisará de uma mãozinha no início. 

Ainda no hospital, peça ajuda para levar o bebê ao peito, o mais rápido possível, para ajudá-lo a pegar no bico do peito e mostrar se ele está sugando corretamente. O ideal é que o bebê comece a mamar logo após o parto. Se em casa você ainda precisar de ajuda, pergunte ao médico se ele pode ajudá-la. 

Organizações que defendem o aleitamento materno e o pessoal do hospital poderão ajudá-la. Toda mãe precisa de ajuda. Até as mães mais experientes podem encontrar obstáculos.

Depois que o leite descer, durante o primeiro ou segundo dia, o bebê talvez queira mamar de hora em hora. Isso ajuda o organismo a criar um bom suplemento de leite, perfeitamente adequado às necessidades do bebê. 

De dois a quatro dias, o organismo se ajustará a essa "informação" e o bebê precisará mamar com menos freqüência: a cada duas ou três horas ou entre oito e doze vezes em um período de 24 horas.

Isso faz parte do processo normal de transição e não significa que ele esteja insatisfeito com você, com seu leite ou com seus cuidados. 

A agitação e o choro significam que ele sabe do que precisa e é assim que manifesta suas necessidades. Nessa idade, o bebê mama de dez a quinze minutos em cada seio.

Chegou a hora de voltar ao trabalho? Você pode continuar amamentando o bebê tirando leite uma ou duas vezes no trabalho e levando para casa o almoço do dia seguinte do seu filho. Recomendamos que o faça. 

É uma maneira de não perder a ligação com o bebê, mesmo estando longe. Há diversas maneiras de tirar o leite: com a mão, com uma bombinha manual ou com uma elétrica. 

Se você amamentar freqüentemente, quando chegar em casa e durante à noite, a produção do leite não será interrompida, tampouco a ligação especial com o bebê, suprindo a falta que sentiu dele durante o trabalho.

Por conter conservantes naturais, o leite materno pode ficar de seis a oito horas em temperatura ambiente ou ser armazenado de três a cinco dias na geladeira. Além disso, o leite materno pode ser congelado, embora perca algumas de suas propriedades de combate às doenças. 

Mesmo congelado, o leite materno contém o melhor equilíbrio de nutrientes para o bebê. Descongele-o em temperatura ambiente ou em água morna. Após descongelado, não volte a congelá-lo.

Lembre-se de agitar lentamente o leite armazenado, pois a gordura terá se separado, subindo à tona. Agitando-o, a gordura se mistura novamente ao leite e não obstrui o bico da mamadeira.

No local de trabalho, deve haver um lugar calmo, limpo e relaxante para que você tire o leite. Isso fará muita diferença em sua atitude e seu sucesso. Se não houver um espaço reservado onde você possa fazer isso, reclame. 

Muitas empresas estão dispostas a ajudar. Basta expressar suas necessidades. Empresas dispostas a ajudar suas funcionárias podem ter até recompensas financeiras: menos faltas, as mães terão que passar menos dias em casa cuidando de filhos doentes, maior satisfação e menor rotatividade de funcionárias.

Olha eu sou mae de 3 filhos, Amanda que hoje esta com 20 anos e mamou no peito ate 3 anos, o Miguel que hoje tem 10 anos e mamou ate 1 ano e meio e agora a Gaby que esta com 1 ano e 3 meses e mamou até os 2 anos, amamentar pra mim é um momento único, é uma troca de amor e de carinho. Se eu pudesse amamentaria meus filhos eternamente kkkkk.

2 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...